Deu Branco

 

Pois é, já teve um daqueles brancos criativos quando não adianta o que você faça, você simplesmente não consegue produzir nada? Sabe, quando você senta na frente do computador e fica encarando o cursor do editor de textos piscando sozinha na tela, te pressionando a digitar alguma coisa e mesmo assim nada. Ou quando você abre o caderno, pega a caneta, olha pras linhas azuis da folha em branco e de repente passou meia hora e você não fez nada além de morder a tampa da caneta, fazer rabiscos no canto da folha ou ameaçar começar a escrever só pra parar no último instante e voltar à imobilidade original.

É exatamente assim que estou aqui hoje, ou pelo menos estava até uns minutos atrás, completamente hipnotizado pelo piscar do cursor. E não é por falta de assunto, há muito o que poderia ser discutido por aqui, e que em um dia de criatividade normal eu estaria bem feliz em comentar. Tivemos o julgamento do Lindemberg, 4 anos depois do crime, tivemos o ex-presidente Lula voltando pra casa, tivemos também o Irã investindo mais em seu programa nuclear, isso sem falar do Carnaval, o verdadeiro início de ano brasileiro.

Mas, por incrível que pareça, nada disso me deu muito ânimo pra escrever, nada mesmo. Pensei também em escrever sobre algo mais light, sei lá talvez sobre cinema, sobre o lançamento de Star Wars 3D, ou sobre o Motoqueiro Fantasma 2, ou até sobre os indicados ao Oscar desse ano. Mas também não saía nada, continuávamos aqui, só eu e o vai e vem do cursor.

Branco total, nada na cabeça, acho que quase entrei em transe aqui por um momento, daí surgiu a ideia: Taí, já que só me fica esse maldito branco na cabeça, por que não escrever um pouco sobre isso? Afinal todo mundo tem esses lapsos de criatividade não é mesmo? Ou vai me dizer que você nunca passou por um crise criativa desse tipo?

O mais impressionante sobre esses brancos é que eles parecem só acontecer quando você tem, ou melhor, tinha um prazo para produzir algo e agora chegou a hora de entregar o texto/artigo/trabalho/etc. e você ainda não fez nada.

Não dá mais pra procrastinar, nem pra dar um jeitinho, ou adiar o prazo, você precisa produzir e simplesmente não sai! Às vezes nem é algo assim tão importante como a sua dissertação de mestrado ou alguma coisa pro seu trabalho, pode ser só um post para o blog que você escreve com uns amigos, mas o prazo está lá, por mais flexível que seja, e o seu trabalho está aí, parado na sua frente, completamente em branco, com exceção daquele maldito cursor que fica piscando na frente dos seus olhos, marcado o início de um grande espaço vazio e martelando na sua cabeça: escreva… escreva… escreva…

E aí? Já escreveu?…

Anúncios

Tags:, ,

About Diego Coletti Oliva

Sou apenas um jovem estudante de Ciências Sociais, tentando ainda formar minha própria opinião sobre as coisas. Sem pretensões de fama e sucesso, apenas em busca de consciência.

3 responses to “Deu Branco”

  1. Luiz Meira says :

    Valorizando o pulsar coronário aproveito os brancos para atividades físicas e logo o ritmo cardíaco induz elocubrações seguidas da vontade de escrever.
    Salomão sugeriu valorizar o coração:

    “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida.”
    http://www.wordproject.org/po/20/4.htm#23

  2. Gabriel Alarcon Madureira says :

    Ah Diegão… melhor descrição, impossível. Com certeza eu teria que comentar sobre isso, afinal, me sinto o grão-mestre da procrastinação, da postergação de prazos, da síndrome do papel em branco, da doença do cursor que pisca, da moléstia da caneta que não escreve, enfim, de tudo isso que você, com seu excelente texto como sempre, comentou. Até acho que o assunto é uma porta de entrada para uma coisa que a Clarice Lispector fazia muito, que era escrever sobre o próprio ofício de escrever, escrever sobre os sentimentos dos que escrevem, misturando subjetividade autoral e fantasia ficcional! Será que chegamos lá alguma dia!? Abraços!

  3. Silvelena says :

    O bom de tudo que li, além de dar risada, é que o mais importante é que sua mente não está vazia, ainda bem, pois lembra do dito popular “mente vazia oficina do diabo” kkkk. Portanto podemos ficar tranquilos que ele não irá se apossar dela. Passando o carnaval você e muitas outras pessoas pararão de procrastinar e tudo volta ao normal. Se ajudar em alguma coisa escreve sobre o filme Star Wars 3d quero ler algo sobre ele e depois do ex presidente Lula.
    Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: