Pior do que está não fica?

Por Diego Coletti Oliva

Dia 3 de outubro está chegando, as campanhas eleitorais chegam ao fim e a hora da decisão se aproxima, e ainda assim, mesmo nos minutos finais, ainda tem gente que não se dá conta do quão sério é esse momento!

Realmente é preocupante chegar a esse ponto e ao olhar as pesquisas de intenção de voto ver Netinho de Paula em primeiro lugar para o cargo de Senador no estado de São Paulo e Tiririca liderando a pesquisa entre os deputados federais!

Só pode ser piada! Tem que ser piada! Amig@s leitores/as e eleitores/as, não quero ser chato, mas fica claro que a maioria da população não faz ideia, ou não se importa, com o poder e o tamanho da responsabilidade do voto!

Vivemos (todos nós, inclusive eu) reclamando da política e dos políticos brasileiros, não entendemos como aquelas pessoas, que acabam virando manchetes de jornais em escândalos como o mensalão e tantos outros, chegaram ao poder, e culpamos sempre os outros. Porém somos nós, todos nós os responsáveis por esses escândalos!

Somos nós que a cada quatro anos, (ou a cada 2 se colocarmos as eleições municipais no mesmo balaio) desperdiçamos nossa oportunidade de mudar, de renovar, de tentar outro caminho!

Apesar de tanto discordarmos e criticarmos nossos representantes, se você olhar bem, os quadros do legislativo e do executivo no nosso país são sempre formados pelas mesmas figuras, representantes das mesmas classes e das mesmas forças políticas.

Vez ou outra surge uma figura diferente, mas no geral, esses cargos que teoricamente seriam eletivos e rotativos acabam se tornando praticamente vitalícios! Temos políticos eleitos que estão ocupando seus cargos desde a redemocratização! Temos até certas posições que se tornaram praticamente hereditárias, como é o caso de ACM e ACM Neto! Políticos com décadas de carreira, duramente criticados durante seus mandatos e que ainda assim conseguem sempre se reeleger e continuar fazendo o que sempre fizeram, só para serem criticados novamente, e reeleitos novamente!

Essas figuras devem se reunir para rir de nós! Eu riria se fosse eles! Pois não importa o que aconteça, ou o que se faça, eles acabam sempre voltando, e sobre os nossos braços e aplausos! Por mais que todos estejam descontentes, aparentemente ninguém está disposto a tentar uma renovação política, e a dança das cadeiras na política continua sempre entre os mesmos participantes.

É necessária uma renovação na política, uma nova safra de representantes, dispostos de fato a fazer alguma coisa de diferente do que já foi tentado até agora, e eu sei que não é fácil encontrar entre os candidatos que se apresentam aqueles que estejam à altura desse desafio, mas também não precisamos apelar!

Poucos candidatos realmente estão dispostos e aptos a por a mão na massa, e por esses e outros motivos a política nacional tem virado motivo de piada, mas tem gente levando essa piada além dos limites.

Sou totalmente a favor da prática e da participação política, ciente da importância que ela tem para que se possa organizar e criar uma sociedade se não satisfatória, pelo menos tolerável, mas é difícil levar a sério uma eleição que apresenta candidatos que trazem entre seus jargões frases do tipo “Pior do que tá num fica!”.

Tem certeza? Olha meu/inha amig@, acredite se quiser, mas dá pra ficar bem pior do que está se esse tipo de pessoa consegue realmente se eleger!

Não sei por que motivo as pessoas acreditam que pra ser político não é necessário nenhum tipo de preparação ou de formação, e numa hora dessas um cara que não tem e nunca teve nenhum tipo de envolvimento com a política, que não faz ideia de como funciona o Estado e o Governo acaba conseguindo se eleger com um bom número de votos por ser de alguma forma famoso! Seja como músico, humorista ou apresentador de TV!

Alguns desses não apenas deixam a desejar em formação política, mas também em formação escolar, não tendo sequer completado o ensino fundamental! Que me desculpe quem discorda, mas eu acredito que a educação é o passo inicial fundamental rumo a um país melhor e pelo menos isso eu gostaria que meus representantes tivessem!

Mas aí vem alguns com a seguinte desculpa: “Tá tão ruim de candidato nessa eleição que vou votar no Tiririca (ou no Netinho, ou na Mulher Pêra ou em qualquer outro desses) como forma de protesto!”.

Sério mesmo! Você acha que desperdiçando seu voto dessa forma você está protestando? Sinto informar, mas está apenas contribuindo para que algum candidato que você não escolheu assuma um cargo para o qual ele não teve votos suficientes.

Isso acontece por causa da lei de proporcionalidade: de acordo com essa lei existe um certo número de votos (que varia por cargo, região, etc.) que é necessário para que um candidato seja eleito, no entanto muitos candidatos (chamados de puxadores de votos) ultrapassam em muito essa meta, e como uma forma de fortalecer o partido dentro da câmara ou do senado esses votos excedentes são computados mais ou menos como se fossem votos na legenda, assim o partido decide quem será o candidato a assumir o cargo. Foi assim, por exemplo com Enéas nas eleições de 2002 e Clodovil em 2006, que graças ao seu número absurdo de votos acabaram levando mais uns 3 deputados do partido consigo que não haviam alcançado o número de votos suficiente para se elegerem, mas mesmo assim foram eleitos!

Tá entendendo o que vai acontecer se como protesto todo mundo resolver votar nessas figuras que citei acima? Teremos mais deputados (ou senadores) que simplesmente não deveriam estar lá!

Quer protestar de verdade? Então escolha um candidato com boas propostas e em quem você acredite e vote nele! Não interessa se você acha que ele não vai ganhar nem com seu voto, pelo menos você votou com consciência e não tem do que se arrepender no futuro!

Ah, e para aqueles que pensaram: “Como forma de protesto eu vou votar nulo!” – como eu mesmo já pensei em fazer – sinto informá-los que esse também não é o melhor caminho!

Tem rolado pela internet já há um bom tempo uns e-mails e campanhas a favor do voto nulo dizendo que se a porcentagem de votos nulos ultrapassar os 50% a eleição seria cancelada e uma nova eleição seria feita sem os candidatos que participaram da primeira.

Bom, infelizmente isso é tudo balela! A confusão se dá por que de fato a eleição pode ser cancelada quando confirmada a NULIDADE de mais de 50% dos votos, no entanto, essa nulidade de votos não se refere a votos nulos, mas a votos fraudados, o que era mais comum antes da urna eletrônica, mas que agora é bem pouco provável.

Da mesma forma o voto branco também não vai para o candidato que estiver na frente como muitos acreditam. Na realidade, de acordo como o TSE tanto o voto branco quanto o voto nulo simplesmente não entram na conta e são completamente desconsiderados para quaisquer fins. Na prática tanto faz votar em branco como votar nulo. Mas se a minha palavra não basta, você pode conferir na página oficial do TSE, bem aqui: http://www.tse.gov.br/eje/html/info_eleicoes3.html.

Sendo assim, só o que peço à você amig@ leitor/a e eleitor/a é que no próximo domingo vote com consciência, escolha bem seu candidato e vote em quem você realmente confia, não em quem é mais carismático, mais engraçado, ou mais bonito! Não vou pedir votos pra nenhum candidato, nem dizer aqui quais são os meus, mas peço que você tenha consciência e responsabilidade no seu voto, para depois não ficar reclamando de alguém que só chegou onde chegou por que você não tentou impedir.

Edmund Burke disse uma vez: “Para que o mal vença, basta que os bons não façam nada”.

E se você realmente acredita que num tem como piorar, lembre-se que nada é tão ruim que não possa ficar pior!

Diego Coletti Oliva tem 24 anos, é Cientista Social, escreve nos blogs O Poterkin e Papos&Goles e é idealizador do Espaço CULT. Na universidade, pesquisa Cultura do Medo e participa do Laboratório de Política e Governo. Em casa, passa a maior parte do tempo com a moça aí de cima, joga RPG, ouve blues e adora cinema e quadrinhos.
Anúncios

Tags:, , , ,

One response to “Pior do que está não fica?”

  1. Alex says :

    Puxa, Diego, desconhecia essa questão da nulidade dos votos e do voto nulo equivaler ao branco.
    Ótimo artigo! Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: